Assine

Confira um manual para se tornar a amiga perfeita

Publicado em 04-07-2012 às 03:35 por Sara Ferrari | Comente!

Manual da BFF: toda garota precisa de um!

Revista Atrevidinha BFF

Por Mayra Lopes

Para rir, para chorar, para se divertir e até para brigar (e depois fazer as pazes). É sempre ela quem está ao seu lado. Claro, ela é sua Best Friend Forever, ou BFF, para as íntimas! Vocês se entendem só pelo olhar e ela conhece todos os seus segredos. É uma amizade única! Só quem tem uma sabe o quanto é bom ter uma amiga-irmã em todos os momentos. Mas não basta apenas falar que é BFF de alguém. Para manter uma amizade é preciso saber cuidar bem da sua melhor amiga, sem precisar abrir mão dos seus gostos e da sua personalidade. A Atrevidinha pediu a ajuda das nossas BFFs e preparou um manual para descobrir como ser a amiga per feita.

Como superar as brigas?

Não é fácil mesmo ser pré-adolescente. Tanta coisa muda que até a gente acaba se perdendo. Talvez por isso começamos a nos sentir, sem qualquer razão, diferente de nossos amigos.

Foi o que aconteceu com a Ana Carolina Trinca. “Eu fui percebendo que minha BFF estava estranha. Ela veio me perguntar o que tinha acontecido, a gente conversou e prometemos que não iria acontecer de novo. Na conversa, ela disse que também estava me achando estranha”, conta Ana.

Mas, no fim, ela e sua BFF não conseguiram superar essas diferenças. As duas ainda são amigas, mas não como antes. “Hoje ela tem outra BFF. Eu tenho meus amigos e a minha BFF também. Eu aprendi muita coisa com tudo isso, porque eu ficava muito tempo pensando em tudo e aprendendo como ser, como fazer”, finaliza.

O importante é sempre conversar com sua amiga quando ela tomar alguma atitude que você não aprova, ou se você sentir que ela está agindo diferente. Assim, vocês conseguem superar as briguinhas numa boa!

Um ombro amigoRevista Atrevidinha BFF

A pré-adolescência é uma fase de muitas inseguranças, por isso  acabamos encontrando na BFF um ombro amigo, alguém que está passando pelas mesmas coisas que a gente e por isso nos entende. “A adolescente é muito insegura e precisa muitas vezes ‘se colar’ numa amiga para se sentir melhor”, explica a psicóloga Lea Michaan. “Por isso, é muito comum vermos amigas adolescentes se vestirem de forma muito parecida. A menina se sente mais segura quando se veste, se penteia, se maquia ou até mesmo fala como as amigas”, continua.

A BFF da Atrevidinha Marina Rangel dá a dica: “Para manter uma BFF, é necessário cuidar dela como se ela fosse sua irmã”. Mas isso também não quer dizer que você precisa concordar com tudo que ela faz, mesmo quando não está certa. A BFF Rafaela Provensi concorda: “Tem de saber falar quando a amiga está errada”. Mas como saber a hora certa de dar bronca ou identificar quando sua amiga precisa de um abraço?

Personalidades diferentes?Revista Atrevidinha BFF

Geralmente nossa BFF é superparecida com a gente. Curte as mesmas músicas, adora os mesmos filmes e sonha com os mesmos gatinhos. Mas será que é um problema se ela não for tão parecida assim? “De fato, os opostos se atraem para a conversa ficar mais interessante e ter equilíbrio nas amizades, afinal, que graça tem se eu me relacionar com alguém muito parecido comigo?”, questiona a psicóloga Lea Michaan.

E se sua BFF é diferente de você e vocês convivem com isso numa boa, mas quem não curte muito são seus pais, a doutora Lea aconselha o diálogo: pergunte com jeitinho para os seus pais por que eles não aceitam sua amizade e, se eles estiverem errados, diga a eles por que não concorda com eles e apresente pontos positivos da BFF. “Nossos pais sempre desejam o melhor para nós, o problema é que nem sempre eles sabem como fazê-lo”, explica Lea. Agora, se as razões que eles apresentarem forem fundamentadas e puderem ser prejudiciais a você, é preciso ouvi-los.

Seja sua BFFRevista Atrevidinha BFF

Realmente é muito bom ter uma BFF. É uma companhia garantida para quase todas as horas. É… quase! Imagine: estreou aquele filme com seu ator favorito e você está louca para ir ao cinema no fim de semana. Você nem pensa duas vezes e já convida sua BFF. Mas ela já tem compromisso: é o aniversário da avó dela. Pior, e se ela não curtiu tanto da ideia de ver esse filme porque não é muito a dela? O que você faz?

Antes de tudo, é bom lembrar que sua melhor amiga deve ser você mesma. Por isso, você não deve abrir mão daquilo que gosta ou tem vontade de fazer porque sua BFF não pode ir junto. Para sua personalidade, a dica também vale. Ter outros amigos, fazer coisas diferentes da sua amiga pode ser ótimo! E depois, vocês podem se encontrar para trocar experiências – ela conta sobre o novo curso de inglês, e você fala sobre o filme incrível que assistiu e assim a amizade vai crescendo, crescendo…

Mas muitas vezes a gente pode acabar encontrando a nossa BFF dentro de casa, mesmo! É o caso da Beatriz Torres, que acabou encontrando na mãe uma superamiga. “Com a minha mãe eu faço tudo! Cozinho, passeio, viajo…”, conta ela.

10 dicas para ser uma super-BFFRevista Atrevidinha BFF

Ser amiga para toda a hora: “Uma amiga de verdade é para todos os momentos”, opina Vitória Minari. Não basta estar ao lado da BFF só na hora da diversão. Naquela hora mais difícil, a amiga também deve estar por perto para saber consolar e tentar ajudar com alguns conselhos.

Ter outros amigos: além da sua BFF, é bacana e possível ter outros amigos. O fato de que sua amiga se relaciona com outras pessoas não significa que ela não poderá mais se relacionar com você. Na verdade, aumentar a turma de amigos sempre é positivo: mais gente para ir passear, viajar ou simplesmente dar risada!

Pequenos agrados: “Mostrar que gosta, seja com um cartão ou uma foto no Orkut”, sugere Luara Taufe. Realmente, todo mundo gosta de um agradinho. Coisa pequena mesmo. Um telefonema, uma cartinha, um chocolate… Só para lembrar a sua BFF o quanto você gosta dela.

Aceitar e aprender com as diferenças: por mais parecidas que vocês sejam, com certeza você e sua BFF têm algumas diferenças. Sabendo lidar com elas, a amizade de vocês vai crescer e ficar cada dia mais forte. “Todo relacionamento pode nos acrescentar algum aprendizado. Desenvolver a capacidade de dar e receber e também a nossa capacidade de escuta”, explica a psicóloga.

Surpreender: vocês sempre fazem os mesmos passeios, com as mesmas pessoas e passam pelo mesmo caminho. Que tal mudar um pouco? Sugira para sua BFF uma atividade nova! Se vocês estão todos os finais de semana no shopping, por que não aproveitar um dia de sol e partir para um piquenique no parque?

Valer a pena: já parou para pensar que às vezes você pode ter a melhor BFF do mundo ao seu lado e não estar sendo tão legal com ela quanto ela é com você? Perceber seus erros, saber pedir desculpas e tentar melhorar são atitudes que vão certamente garantir que sua amizade dure por muito tempo!

Unidas, jamais serão vencidas: defender e ajudar é o que sugere a BFF Marina Rangel para quem quer ser uma amiga exemplar. Ter uma amiga que te defende pode ser bem legal mesmo! Não se esqueça de retribuir tanta lealdade.

Ser sincera, mas carinhosa: às vezes você acha que sua BFF merece uma bronquinha? Você pode até dar, mas é bom saber como fazer. Pensar antes de falar é a dica da Sofia Mota para esses momentos. E como você conhece sua BFF como ninguém, vai saber até onde pode ir com o puxão de orelha.

Respeitar o espaço da BFF: “Ciúme e possessão, não”, diz Sofia Mota. Por mais que você adore fazer tudo com a sua BFF, é importante respeitar o espaço dela. Não é legal ter alguém colado em você o tempo todo contra sua vontade ou alguém superciumento no seu pé 24 horas por dia, certo?

Tomar iniciativa: brigar é normal, fazer as pazes também deve ser. Se a amizade deu uma balançada, por que não deixar as diferenças de lado e chamar a BFF para uma conversa? “Através dos relacionamentos descobrimos que errar é humano, mas persistir no erro é bobagem, portanto, vale a pena dar outra chance e perdoar os erros dos nossos amigos”, é a dica da psicóloga Lea.

Demi Lovato & Selena Gomez

Revista Atrevidinha BFF famosos

Mesmo as diferenças entre as duas queridinhas não fizeram que a amizade delas acabasse. Grudadas desde os 6 anos, Sel e Demi já tiveram altos e baixos. Demi precisou passar por um processo de reabilitação, o que poderia ter afastado as duas, mas isso não aconteceu. Além disso, a Sel tem outra BFF, a Taylor Swift. E nada disso impediu que as fofas continuassem amigas para sempre.

Zac Efron & Ashley Tisdale

Revista Atrevidinha BFF famosos

Mesmo depois do final de High School Musical, Ashley e Zac continuaram amigos. A ex-namorada do bonitinho, Vanessa Hudgens, também fazia parte do grupinho, mas o fim do namoro acabou a afastando dos dois. Zac e Ashley são tão grudados que um sempre faz questão de estar presente nos lançamentos de filmes, festas e aniversários do outro. Bacana, né?

Taylor Lautner & Victoria Justice

Revista Atrevidinha BFF famosos

Os dois se conhecem desde pequenininhos, formam um casal fofo, mas são “só amigos”. Também passaram por momentos de diferenças, mas garantem que a amizade dos dois continua firme. A estrela de Brilhante Victória já disse em entrevistas que não abre mão de sempre dizer pelo menos um “oi” para seu amigo Taylor quando pode.

Miley Cyrus & Emily Osment

Revista Atrevidinha BFF famosos

Amigas nas telinhas e na vida real, essas duas são uma dupla que dá o que falar! No início, elas não se davam tão bem, mas agora se consideram irmãs. Até música elas já gravaram juntas, a Whenever I Go. Quando a eterna Lilly Truscott veio ao Brasil, disse que adoraria voltar ao País com a BFF. Imagine! Se sozinhas elas já levaram todo mundo à loucura, o que elas seriam capazes juntas?! #dedoscruzados

Selena Gomez & Taylor SwiftRevista Atrevidinha BFF famosos

Além de talentosas, as duas são superamigas e dão a maior força uma para a carreira da outra. Viagens, passeios, compras… Elas sempre dão um jeito de estar juntas. Até no Twitter elas trocam mensagens e elogios e postam fotos dos momentos bacanas que passam uma com a outra. Megafofas!

comente!

  • th-patins-como-andar
  • img-12